Te Puia – Nova Zelândia

Te Puia é um imenso parque geotermal localizado na ilha norte da Nova Zelândia, mais precisamente na cidade de Rotorua. O parque tem mais de 70 hectares localizados no Vale Geotermal de Whakarewarewa na zona vulcânica de Taupo. Originalmente servia como uma fortaleza construída pelos Maori, povo nativo do país. 

No Te Puia você tem duas opções de visita, a visita diurna e a visita noturna. Na visita diurna, a Te Ra Experience você tem a oportunidade de ver as maiores atrações do parque como geyseres, kiwi e as lamas borbulhantes. Existem também a opção de tour guiado gratuito pelo parque que pode ser uma boa para conhecer um pouco melhor cada atração. 

Já a visita noturna, Te Po Experience você pode visitar parte do parque iluminado e participará de uma cerimônia de recepção, um concerto, além de um banquete com pratos da cozinha Maori. Se tiver com tempo de sobra também é possível fazer as duas visitas no mesmo dia, lembrando que a noturna começa apenas a partir das 18 horas.

Geyser Pohutu

Considerado o maior do hemisfério sul, esse gigante tem erupções de 30 metros de altura. Você não precisa ter muita sorte para vê-lo, já que ele irrompe uma a duas vezes por hora, sendo um dos geyseres mais confiáveis do mundo. Uma curiosidade é que Pohutu na língua Maori, significa “espirrar constantemente”. Além do Pohutu, existem os Gêiseres  Te Tohu, vizinho do Pohutu e o Papakura, que já foi uma das maiores atrações do parque mas hoje é inativo.

Ngararatuatara

Essa piscina de lama fervente é um exemplo de como as piscinas geotermais eram usadas pelos maoris para cozinhar e tomar banho. Hoje em dia comidas frescas são colocadas em cestos de linho para mostrar a forma que cozinhavam os nativos neozelandeses.

Centro de Cultura Maori

Te Aronui-a-rua (cesta de conhecimento) é a casa central onde são realizadas cerimônias e shows em Te Puia. Sua arquitetura fielmente Maori, com esculturas e painéis, foi construída entre 1967 e 1981 por escultores. No centro cultural são realizados shows de 45 minutos, às 10:14, 12:15 e 15:15. Não perca a performance do famoso Haka, dança tradicional de combate dos Maori, que ficou conhecida mundialmente por ser realizada pelo time de rúgbi nacional, os All Blacks.

Kiwi’s House

A casa dos Kiwi, é uma das poucas oportunidades que você pode ter na vida de ver o animal símbolo da Nova Zelândia, ainda mais porque elas estão ameaçadas de extinção. O local é bem controlado e o ambiente escuro tenta mimetizar o real habitat da ave, que tem hábitos noturnos. 

Whakarewarewa Forest

Essa floresta é predominantemente uma floresta de sequoias que fica atrás do Parque Te Puia e não dentro dele. É uma ótima opção para quem procura fazer trilhas curtas ou um contato maior com a natureza. Uma atração mais recente é o Redwoods Treewalk, um circuito de arvorismo que custa cerca de 30 dólares por entrada. 

Ainda dentro do parque existe outras atrações, como a pequena vila Maori, que foi feita numa escala menor, mas é ótima para dar noção sobre como funcionava uma vila Maori e suas diferentes construções. Já a escola de escultura e tecelagem ensina para pessoas de todo o país as artes dos seus ancestrais, para que elas não fiquem esquecidas na história. 

Te Puia é um ótimo lugar para se conhecer um pouco mais a cultura Maori, além de suas atrações geotermais. Não é segredo para ninguém que é um parque voltado para turistas, mas a parte boa é o objetivo de ensinar ao mundo a cultura local e porque ela é ainda muito respeitada no país. Viajando pela Nova Zelândia é sempre importante conhecer mais sobre esse incrível povo. 

Verdades:

            – Não espere ver o Haka dos All Blacks, que de certa forma já é algo feito para divulgação.

            – Para quem nunca viu um Geyser ou fenômenos geotermais, essa parte do parque pode ser bem legal. Para quem já viu, não tem muita graça.

            – Não esqueça de ir até a casa do Kiwi, mesmo não sendo a atração mais impressionante, é uma das mais importantes.

            – Com tantas atrações na Zova Zelândia, tente não ficar mais que algumas horas em Te Puia.

Extras:

            – Mesmo que não vá fazer o passeio noturno, é possível provar a culinária Maori pedindo um prato típico no almoço. 

Para mis posts sobre a Nova Zelândia, clique aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.