Australian Open – Austrália

O Australian Open (AO) é um dos quatro maiores e mais importantes torneios de tênis do mundo, ao lado de Wimbledon, Roland Garros e US Open. O torneio tem sede numa das melhores cidades da Austrália, Melbourne, que fica na costa Sudeste do país, sendo a capital do estado de Victoria. 

Federation Square

Tentando resumir Melbourne: é a capital cultural da Austrália, com 5 milhões de habitantes, sendo um terço imigrantes. A maior parte da população é jovem, o que ajuda a cidade a ser considerada também uma das mais vibrantes do mundo. Para completar a cidade tem suas próprias praias, além de estar há poucas horas da Great Ocean Road.

Melbourne Park

Voltando para o AO, ele ocorre no complexo Melbourne Park, que fica há 10 minutos de caminhada da Federation Square, além de ficar há 5 minutos de caminhada da estação de trem (que fica atrás do Melbourne Park). Tradicionalmente o torneio se passa no final do mês de janeiro por duas semanas. Essa época é alto verão na Austrália, o que faz com que o calor castigue muitos os jogadores e até mesmo os torcedores. 

Entrando no Melbourne Park

Mas mesmo que num dia típico de verão a chuva apareça, não se preocupe, pois as quadras principais tem teto retrátil, o que não estragará sua experiência ou programação. A chance de a programação ser atrasada fica por conta do calor mesmo, pois quando muito intenso a organização do evento, atrasa as partidas que iniciam em torno do meio dia.

Os ingressos ficam disponíveis no site oficial do torneio, podendo cadastrar seu e-mail para receber avisos de quando iniciarão as vendas. O preço dos ingressos, como em todo esporte ou espetáculo, varia conforme a importância da rodada e o assento escolhido. 

Dentro do Melbourne Park

Ingressos na primeira semana do torneio são mais baratos, ingressos nas quadras principais são mais caros, assim como ingressos nos anéis inferiores também são mais caros. Se pretende assistir vários dias, talvez compense comprar algum pacote. 

Rod Laver Arena

Vale saber que se você comprar ingressos para a Quadra Central (Rod Laver Arena) terá acesso a todo o complexo e outras quadras por ordem de chegada, excluindo a segunda quadra principal (Margaret Court Arena). Ingressos para Margaret Court Arena funcionam da mesma forma, só não dão acesso à Rod Laver. 

Margaret Court

Outro ponto importante é que se você compra ingressos para a sessão diurna, poderá ficar no complexo até acabar os jogos, já os ingressos para a sessão noturna só dão acesso ao complexo a partir do final da tarde.

Roger Federer sacando

Muitas vezes ofuscado pelo glamour de Wimbledon, a paixão de Roland Garros ou a propaganda do US Open, o AO é o torneio que proporciona a melhor experiência para o torcedor. Com fácil acesso aos ingressos mesmo pelo site oficial, inúmeras opções de entretenimento e a localização mais central impossível, o Happy Slam com certeza não deve ficar para trás na sua lista.

Sessão noturna com Novak Djokovic

Verdades:

            – Ingressos apenas para o complexo valem a pena na primeira semana, que bons jogos acabam “caindo” em quadras menos importantes. Na segunda semana com o número reduzido de jogos na chave principal, eles ficam exclusivos nas quadras centrais.

            – É importante comprar ingressos antecipadamente, mas você só vai ficar sabendo qual jogo vai ver um dia antes.

            – Os melhores produtos (camisetas e souvenires) nas lojas oficiais costumam estar esgotados na segunda semana. 

            – A experiência do torneio não se resume aos jogos, chegue com antecedência e curta o clima de um Grand Slam. 

A foto mais clássica do Aus Open

Extras:

            – Lembre que os jogadores costumam jogar a cada dois dias, na medida que vão avançando, se pretende ver alguém especificamente, procure comprar ingressos em dias seguidos. Além disso os ingressos os jogos nas quadras principais também são divididos em sessão diurna e noturna.

            – Nos dias que os jogadores não tem jogos, eles costumam treinar no complexo, os horários dos treinos e quadras são expostos no complexo.

            – Se você está em Melbourne e não sabia que estava acontecendo o AO (sério isso?), uma opção é assistir no telão da Federation Square.

            – Não esqueça de provar os principais drinks do torneio, Aperol Spritz e Canadian Club.

Um dia no Australian Open

Para saber sobre outro Grand Slam, o US Open, clique aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.