Kjerag – Noruega

Kjerag é uma das trilhas mais procuradas da Noruega e o maior motivo dessa procura é a Kjeragbolten um gigantesco pedaço de rocha que perfeitamente moldado desafia os limites da gravidade ficando suspensa em uma grande fenda da Montanha Kjerag. Kjerag que por sua vez tem 1100 metros de altura, com um penhasco de 984 metros para o fiorde.

Para chegar em Kjerag você tem que iniciar a trilha em Øygardsstølen, que fica próximo a Lysebotn. Para chegar em Lysebotn existem poucas opções, dependendo de onde você vai estar na Noruega. Se estiver em Oslo a solução é dirigir por 500 quilômetros (7h30min) até a região. Se estiver em Stavanger, existe um ônibus que vai até o inicio da trilha em 2 horas e meia e espera por 6 horas para retornar. Se você estiver nos fiordes fazendo outras trilhas a opções será pegar um ferry pelo fiorde, que não é barato, mas acaba sendo a única opção.

Vale lembrar que é possível fazer a trilha somente no verão, mais precisamente entre 1 de junho e 30 de setembro. No inverno a região fica embaixo de neve, fechando além da trilha, também as estradas.

A trilha em si começa no centro de visitação de Øygardsstølen, que tem uma mínima estrutura com loja de conveniências e souvenires, além de WC. A estimativa é que a trilha seja feita em torno de 5-6 horas, metade para ir e metade para voltar, totalizando 10 quilômetros de caminhada. Quatro quilômetros e meio para chegar em Kjerag e 4,8 km para ir até Kjeragbolten. A elevação total é de 800 metros.

A sinalização da trilha é boa na maior parte do trajeto, marcada com “T” pintado em vermelho em diversas rochas. Ficando um pouco mais confuso no final da trilha quando você já vai estar encima de Kjerag. 

Para quem acha que são 10 km de caminhada, não é bem assim. Uma das partes mais difíceis está no começo da trilha que tem uma subida bem íngreme. A rocha é bem escorregadia principalmente quando está úmida, a única ajuda é de correntes fixadas. 

Após vencer essa primeira parte, você terá uma descida bem mais fácil que fará você chegar em um pequeno vale logo antes da segunda subida. Nesse ponto corre água de desgelo que pode ser uma opção (com a devida purificação), se você já tiver acabado com seu estoque. A segunda parte, é um pouco mais tranquila que a primeira, mas mesmo assim bem íngreme. A vantagem é tem partes com “descanso” que é possível subir degraus de pedra. 

A terceira parte é a mais longa, a subida também é íngreme e longa, testando toda sua resistência, já que você vai estar cansado das duas outras. Após vencer a terceira subida você vai estar no alto de Kjerag, maior montanha de Lysefjord. Aproveite para descansar com a vista de Lysefjord e Lysebotn. 

Após chegar ao cume de Kjerag, siga as marcações da trilha para chegar em Kjeragbolten, que é a grande atração local. Essa é a parte mais fácil de se perder, mas se não estiver no final da tarde você verá algum fluxo de pessoas.

Chegando em Kjeragbolten, respeitando a fila, talvez você não vá querer se aventurar a subir na pedra já que a segurança é nenhuma. Infelizmente apenas um pequeno pedaço de corrente te ajuda a subir na pedra. Depois é rezar para não ventar e se equilibrar, é realmente perigoso, ainda mais contando que o chão vai estar 948 metros abaixo de você. 

Apesar de não ser nada seguro subir em Kjeragbolten faz com que o sofrimento de subir toda a trilha acabe valendo a pena. Se você não subir ainda vale a vista e ver de perto esse lugar único no mundo. Se você gosta de trilhas, considere subir Kjerag, se seu nível aventureiro não é tão grande, talvez você deva passar essa.

Kjeragbolten

Verdades: 

            – Se estiver de carro, cuidado para não chegar tarde na trilha, principalmente se for pegar um ferry.

            – É bom já ter tido alguma experiência em escalaminhada antes de ir para Kjerag.

            – A trilha nos pareceu mais difícil do que parecia, sendo a mais difícil entre as três mais conhecidas (Preikestolen e Trolltunga).

            – Você vai ter medo de subir em Kjeragbolten, pois não é nada seguro e cair quase um quilometro não te dará segunda chance.

Kjeragbolten vista de baixo

Extras: 

            – Em Kjerag é permitido fazer basejumping, apesar de inúmeros acidentes. Talvez você tenha a sorte de ver alguns desses aventureiro se atirando lá de cima.

            – Conheça também Preikestolen e Trolltunga.

  • Para mais posts sobre a Noruega clique aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.