Templos de Bagan – Myanmar

Bagan é uma cidade que fica no centro de Myanmar (país localizado no sudeste asiático, à noroeste da Tailândia) na região de Mandalay. É muito conhecida por seus inúmeros templos. Esta cidade era a capital do Reino de Pagan e lá entre os séculos XI e XIII foram construídos 10.000 templos, pagodas e monastérios budistas. Hoje ainda restam em torno de 2.200 deles, sendo a área com mais templos no mundo. 

A melhor época para conhecer Bagan é na temporada seca que vai de Novembro a Fevereiro. Nessa época além de quase não chover as temperaturas não são tão altas como nas outras época do ano, principalmente entre março e maio que facilmente chega em 40° Celsius. Já entre junho e outubro é o período de monções, quando chove praticamente todos os dias, apesar de não chover o tempo todo.

Para visitar os templos existem diversas formas:

 – Bicicleta: o jeito mais barato já que andando seria quase impossível, o inconveniente são os dias mais quentes.

– Scooter: ainda barato, sem o mesmo esforço que pedalar uma bicicleta e é possível cobrir uma área maior de templos durante um dia.

– Carroça: não recomendamos esse tipo de exploração animal.

– Taxi: maneira mais confortável já que a maioria dos caros tem ar condicionado, mas também mais caro (eu diria que pode valer muito a pena já que caro em Bagan pode ser apenas 20 dólares).   

– Ônibus: visitar Bagan com um grupo grande de pessoas infelizmente não é a melhor opção, mas pode ser melhor do que não conhecer.

– Balão: contamos sobre a nossa experiência com Balão em Bagan nesse post.

A principal atividade para se fazer em Bagan com certeza é conhecer os Templos, como não existe um roteiro obrigatório, a seguir vamos citar os mais importantes para visitação. Não se esqueça que uma das coisas mais legais em Bagan é justamente conhecer templos que muitas vezes não são famosos, se perdendo pelos caminhos entre uma pagoda e outra.

Ananda

Talvez o templo budista mais importante de Bagan, foi construído no século XI, é também um dos mais restaurados já que sofreu muito com o terremoto de 1975. É difícil dizer que é o mais bonito já que grande parte do restauro acaba com a essência do templo, mas com certeza é um dos mais impressionantes pela sua grandiosidade e detalhes. Infelizmente estava em reforma quando conhecemos e não deu pra aproveitar muito.

Dhammayangyi

Dhammayangyi

É o maior templo da região, foi construído no século XII pelo tirano Narathu que matou seu pai e posteriormente sua esposa. É um dos que tem maior movimento de turistas, apesar de ser considerado o templo mal assombrado pelos locais. Tente não se esbarrar nos outros e aproveitar a beleza histórica do local.

Htilominlo

Htilominlo

Esse foi um dos últimos grandes templos a serem construídos em Bagan antes do declínio, tendo sido concluído em 1218. O nome do templo significa “o rei escolhido pelo guarda-chuva” como diz a lenda. 

Por do Sol em Shwesandaw

Shwesandaw Pagoda 

Essa pagoda que tem as bases pintadas de branca fica no centro de Bagan. É um dos melhores lugares para ver o sol se por já que tem cinco terraços. Artefatos hindus estão presentes nos cantos da Pagoda, reforçando a influência dessa religião antes do budismo.

Shwezigon

Shwezigon Pagoda

Essa pagoda levou mais de um século para ser concluída (1113), lembra a pagoda mais famosa de Myanmar, a Shwedagon Pagoda em Yangon. Fica próxima de um mercado e é um dos principais pontos de orações para os locais de Bagan. Infelizmente quando conhecemos a grande estupa dourada estava em reforma.

Thatbyinnyu

Thatbyinnyu

Se destaca por estar no alto de um morro e por ser da cor branca, diferenciando da maioria dos templos vermelhos tijolo. É um dos melhores templos para conhecer por dentro já que possui grande salões e corredores. Sua construção foi concluída em 1163.

Pyathadar: Era um mosteiro, um dos locais preferidos para assistir o nascer e por do sol. 

Sulamani: é um dos templos com a arquitetura mais complexa entre os que restaram. Ficou conhecido como Jóia da Coroa, pela sua beleza e riqueza de detalhes.

Gawdawpalin: Sua arquitetura é muito semelhante a Sulamani, até por ter sido construído na mesma época, porém esse também foi feito na cor branca. 

Depois de alguma pesquisa, com certeza Bagan entrará para sua lista de próximos destino (isso se já não estiver). A expectativa é alta para conhecer essa região do mundo e com certeza ela não decepciona, não importa quanto tempo você ficar provavelmente você vai querer voltar.

Verdades:

– É necessário pagar ingresso único em Bagan que vale por 5 dias.

            – Só é permitido entrar nos templos descalço, apesar de não ter verificação em todos eles.

            – Myanmar tudo muito barato.

            – Você provavelmente nem vai ver a cidade, somente seu hotel, alguns restaurantes e os templos.

Extras: 

            – Para saber sobre tudo sobre passeio de balão em Bagan, clique aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.