Vinícolas na Califórnia – Estados Unidos

A Califórnia não é conhecida somente por suas praias paradisíacas e megalópoles como Los Angeles e San Francisco, esse estado também tem outra grande riqueza, que são os seus vinhos. Para quem nunca ouviu falar, os Vales de Napa e Sonoma já ganharam reconhecimento mundial por darem origem aos melhores vinhos do mundo. Alguns deles já desbancaram a hegemonia dos países europeus em prêmios de qualidade.

Os condados de Napa e Sonoma ficam há uma hora ao norte de San Francisco. Apesar de Sonoma ser três vezes maior que Napa, o último que é o mais conhecido entre os estrangeiros. Isso principalmente por uma questão de marketing do que propriamente um local de vinhos melhores que o outro. Os dois condados ficam entre três cadeias de montanhas e são banhados pelos rios Napa e Rússia. 

Missão San Francisco Solano

O solo da região é rico em argila, pedras e outros componentes vulcânicos, ideais para produção de uvas. Não dá para esquecer que lá também está a falha de San Andreas e a atividade sísmica não é incomum.

Parte histórica de Sonoma

Sonoma foi oficialmente fundada em 1823 pelo padre José Altamira, como Missão de San Francisco Solano de Sonoma. Em 1933 foi construído um forte, para o controle militar da região, porém em 1846 ainda em poder mexicano, ocorreu uma rebelião e foi criada a República de Sonoma. Posteriormente em 1850 Sonoma foi integrada aos Estados Unidos. Já Napa foi fundada em 1947 pelo agricultor Nathan Coombs, também sendo incorporada aos Estados Unidos em 1850.

Forte de Sonoma

A primeira vinícola da região foi fundada em 1857, a Buena Vista Winery, por August Haraszthy. Nos anos seguintes várias vinícolas começaram a ser abertas nas cinco cidades dos vales e em pouco tempo a região se tornou o principal produtor de vinho do país. 

Vinícola

As primeiras uvas a serem produzidas na região foram as Zinfandel, atualmente a Cabernet Sauvignon representa mais da metade da produção. Vale destacar outras uvas como Pinot Noir, Merlot, Malbec, Syrah, Chardonnay, entre outras. 

A melhor época para visitar as vinícolas é durante a primavera, onde está tudo muito verde e bonito. Durante o verão continua tudo muito bonito, porém o calor pode ser insuportável e as vinícolas são bem mais cheias que o habitual. Durante o outono é época de produção (a colheita é em Agosto) e o inverno é a estação mais calma e com o cenário menos amigável.

Existem várias formas para se conhecer as vinícolas, principalmente saindo de San Francisco. Há quem opte por alugar um carro e explorar os vales, mas vale lembrar que nos Estados Unidos não é permitido dirigir após ingestão alcóolica. O jeito mais fácil é contratar um passeio saindo de San Francisco ou mesmo de Napa e Sonoma, essa com certeza é uma opção mais turística, porém na maioria das empresas existe a opção de “VIP” tour, onde você pode degustar mais vinhos que o proposto no pacote normal e até vinhos melhores. Passeios privados também estão disponíveis, com um custo bem mais alto.

Ladrão de vinho

Dicas de Vinícolas na região de Napa e Sonoma:

– Benzinger (Sonoma)

– Beringer (Napa)

– Chateau Montelena (Napa)

– Chateau St. Jean (Sonoma)

– Cline Celars (Sonoma)

– Robert Mondavi (Napa)

– Sebastiani (Sonoma)

– Sterling (Napa)

Vinha

As opções são quase infinitas, é difícil falar uma melhor ou pior, até porque depende muito do seu gosto e principalmente gosto por vinhos. Mas mesmo que você não seja o maior degustador de vinhos, você deve considerar a experiência de conhecer algumas vinícolas na Califórnia. É uma das principais coisas que se tem para fazer em San Francisco. Para quem gosta de vinhos, o ideal seria ficar pelo menos três dias na região, visitando as vinícolas. De qualquer forma não visite mais que três ou quatro vinícolas por dia, pois você não conseguirá aproveitar o que elas têm de melhor.

Verdades:

            – O vinho californiano vai te surpreender.

            – Qualquer época é boa para conhecer as vinícolas.

            – Conheça um pouco da história de Sonoma e visite a parte antiga da cidade.

            – A intenção das degustações é degustar e não ficar alcoolizado.

            – Não arrisque, não dirija seu próprio carro (alugado) até as vinícolas.

Extras:

            – Outro passeio que pode ser interessante na região é o Wine Train, que transita entre as cidades de Napa e Saint Helena, passando por várias vinícolas. São ofertados dois passeios diários que oferecem almoço ou janta.

            – Napa Valley é uma das melhores regiões no mundo para fazer passeio de balão. Dependendo do local é possível ver a falha de San Andreas.

            – Para mais posts sobre a Califórnia, clique aqui.

            – Para mais posts sobre os Estados Unidos, clique aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.