Titanic Belfast – Irlanda do Norte

Titanic Belfast é o museu construído em 2012, 100 anos após o mais famoso naufrágio da história. Atualmente se tornou a atração turística mais visitada da capital da Irlanda do Norte em uma região que há muito tempo havia sido abandonada.

Local onde foi construído o Titanic

Relembrando a história, o RMS Titanic foi um navio encomendado pela empresa White Star Line, uma das líderes em transporte marítimo no início do século XX. O navio foi construído no estaleiro Harland & Wolff, exatamente no local onde agora fica o museu, essa região hoje em dia se chama Titanic Quarter. O Titanic não era apenas um navio, era até então o maior navio de passageiros já construído, uma obra de dimensões inimagináveis para os padrões da época.

O Titanic saiu de Belfast com destino a Southampton, Inglaterra, em 4 de abril de 1912, depois fez uma parada em Cherbourg na França e por último em Cobh na Irlanda. Com essa última parada totalizaram 2229 pessoas a bordo, 1316 passageiros e 913 tripulantes que tinha como destino a cidade de Nova Iorque. 

Janela gigantesca onde é possível ver o local onde o Titanic foi lançado ao mar

Apesar dos inúmeros alertas de outras embarcações sobre icebergs, o Titanic não alterou sua rota e no dia 14 de abril de 1912 o navio acabou colidindo com um iceberg que gerou um rasgo de 12 metros em seu casco. O tamanho do estrago não conseguiu ser revertido pelas bombas de água, o navio rapidamente começou a afundar. Com a falta de botes salva-vidas e protocolos de evacuação, mais de 1500 pessoas morreram congeladas nas frias águas do Atlântico Norte.

Letreiro Titanic

O prédio do Titanic Belfast foi modernamente desenhado de forma que parecem proas de navio, lembrando o seu homenageado, inclusive o prédio tem o tamanho exato do casco do Titanic, 38 metros. Após se impressionar com o belo prédio, não esqueça de tirar fotos no letreiro mais fotogênico da cidade e ver a escultura “Titanica”.

Réplica dos andaimes da construção do Titanic

É possível comprar ingressos diretamente na bilheteria ou antecipadamente online, o ingresso custa em torno de 20 libras. O museu é dividido em nove galerias em oito andares, vamos às galerias:

1.       BoomTown Belfast – Essa galeria é a introdução, conta como eram as coisas em Belfast do século passado, além da história do estaleiro Harland & Wolff e os projetos para construir o maior navio do mundo.

2.       The Shipyard – Nessa parte você começa vendo como foram construídos o Titanic e seu irmão gêmeo Olympic, após ver os imensos andaimes, suba pelo elevador. Após sair do elevador você vai entrar em um carrinho, no maior estilo Disneylândia, e vai ver várias projeções que encenam o processo de construção. 

3.       The Launch – Essa seção mostra o dia em que Titanic foi lançado ao mar, em 31 de maio de 1911. Imensas janelas de vidro deixam você avistar o local exato onde ficavam os dois navios gêmeos durante a construção.

4.       The Fit-out – Nesta parte você verá maquetes e réplicas de partes do Titanic, como cabines de luxo e econômicas, fazendo você ter o gostinho de como era o navio por dentro.

5.       The Maiden Voyage – Aqui ficam informações sobre a viagem inaugural do Titanic, incluindo a primeira perna até Southampton.

6.       The Sinking – Não poderia faltar a parte mais trágica e conhecida dessa história. É a parte mais triste de todo o museu, onde você ouve repetidas vezes o pedido de socorro em código Morse e vê uma representação do iceberg com 400 coletes salva-vidas.

7.       The Aftermath – O destaque aqui é a réplica de um bote salva vida, com informações sobre as investigações em seus lados. Nessa seção também é possível pesquisar o nome dos passageiros e tripulação.

8.       Myths & Legends – A penúltima galeria é sobre as curiosidades, mitos e também todas histórias fictícias feitas com o Titanic, inclusive o famoso filme Hollywoodiano de 1997.

9.       Titanic Beneath – A despedida do museu mostra o que ainda resta do navio no fundo do oceano atlântico e como foram as expedições para encontrá-lo. 

Se você achou que acabou o museu, está enganado, uma das partes mais legais é sair do prédio do museu e ir até o SS Nomadic, barco auxiliar do RMS Titanic que transportou diversos passageiros até o barco principal. O pequeno navio é o último remanescente da White Star Line, foi restaurado e está em perfeito estado, apesar de não ficar exatamente flutuando na água. No Nomadic é onde você pode se sentir mais próximo de ter entrado no Titanic.

SS Nomadic

Titanic Belfast é uma das melhores experiências da cidade, confessamos que também achamos que poderia ser uma furada, mas definitivamente não foi. Mesmo quem não conhece a história do navio mais famoso do mundo fica impressionado com a forma que ela é contada no museu. 

Dentro do Nomadic

Verdades:

  • O Titanic tinha apenas 20 botes-salva vidas com capacidade para 85 pessoas, porém muitos botes foram usados para menos de 30 pessoas.
  • O Olympic irmão “gêmeo” do Titanic completou a travessia transatlântica.
  • O Titanic só foi encontrado no fundo do mar 70 anos após o naufrágio em 1985.
  • Belfast não é a melhor cidade para se visitar, mas isso fica pra um próximo post.
Titanic Belfast visto do Nomadic

Extras:

  • Se você é fanático pelo Titanic, saiba existem outros museus sobre ele, obviamente bem menores. Um deles fica em Liverpool, onde o navio foi registrado e o outro em Southampton, onde 80% dos passageiros embarcaram para a viagem inaugural.
  • Vai para Irlanda do Norte, então não deixe de conhecer a Giants Causeway.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.