Salar do Uyuni (Parte 2) – Bolívia

Seguindo a série com os posts sobre o tour pelo Salar do Uyuni, contaremos a experiência do segundo dia. Se você não viu a primeira parte clique aqui e leia antes desse post. 

No meio do nada

No segundo dia, acordamos para o café da manhã no Los Flamencos Ecolodge, café foi bem servido. A noite foi um pouco mal dormida devido aos efeitos da altitude, porém pela manhã já estávamos quase sem sintomas nenhum. Passeamos na beirada da Laguna Hedionda, com um grande número de flamingos no meio da lagoa. Um ótimo lugar para tirar fotos, nosso guia colocou tudo no carro e partimos para mais um dia bem cheio e surpreendente.

Laguna Hedionda

Para aquecer o dia começamos parando na Laguna Cañapa, que das lagunas mencionadas no post anterior era a única que ficava após o hotel, uma breve parada e partimos para realmente começar o dia.

Vulcão Ollague

Vulcão Ollague

A segunda parada do dia foi no mirador do Vulcão Ollague, paramos na beira da estrada e admiramos o gigante vulcão com  5.865 metros de altitude. O vulcão fica na fronteira com a o Chile e durante o inverno seu pico fica totalmente nevado.

Laguna Turquiri

Laguna Turquiri

Laguna Turquiri considero que ganhamos essa parada de presente, uma lagoa que não parece ser muito frequentada com varias grandes rochas ao seu redor onde você pode escolher em qual vai subir para apreciar a paisagem.

Condor

Valle das Rocas

Inúmeras formações rochosas formam a paisagem dessa região boliviana, minutos da Laguna Turquiri é possível paredes rochosas e suas rochas mais famosas. Após subir um desfiladeiro na beira da estrada você encontra inclusive o famoso Condor de Pedra. 

San Cristóbal

San Cristóbal

Nesse povoado que parece mais uma cidade fantasma almoçamos numa casa familiar. O nosso guia leva os ingredientes para a refeição e lá cozinham, o almoço foi mais um verdadeiro banquete. Porém quanto ao resto da cidade é melhor não guardar grandes expectativas, pois as instalações sanitárias ainda são bem precárias e San Cristóbal mais parece uma cidade fantasma.

Laguna Misteriosa

Laguna Catal

Também conhecida com Laguna Negra e Laguna Misteriosa essa lagoa não faz parte dos tour tradicionais, é uma pena pois é um dos lugares mais bonitos do tour. O caminho até lá é bem complicados, com trechos onde só passa um carro por vez o que faz ser um pouco demorado. Chegando no estacionamento temos que andar em um pântano por uns 15 minutos para “achar” ela.  A vida selvagem é abundante por lá, a lagoa com água negra contrasta com as rochas formando uma das paisagens mais bonitas que você vai ver na Bolívia.

Canyon Anaconda

Canyon Anaconda

Outro local que consideramos um dos mais bonitos de todo o tour e também não é comum nos passeios tradicionais. Chamam o Rio que corre lá embaixo no cânion de rio anaconda, mas o melhor ponto para vista é o “ponto da anaconda” onde você aprecia a paisagem no local onde parece ser a cabeça da Anaconda. O cânion é bem alto, bem ao estilo Grand Canyon norte americano.  

Julaca

Julaca

É outra cidade fantasma e paramos para conhecer a famosa cerveja de coca, nada de muito diferente. Em época de cervejas artesanais, você não irá se surpreender, mas aproveite para provar as diferentes cervejas, como de quinoa e cacto. Depois de mais alguns minutos partimos viagem para pegar o por do Sol no Salar.

Entrando na parte alagada

Salar do Uyuni (parte alagada)

A maior vantagem de ir no período entre as estações (nós fomos no começo de maio) é poder ver o salar seco e alagado, nesse segundo dia conseguimos ver a parte alagada. A viagem foi bem longa até essa parte que é a parte oeste do salar, a ideia do nosso guia era checar no por do sol para explorar ao máximo o espelho d’agua que se forma. O visual é realmente estonteante, gostamos bastante de observar pores-do-sol e esse foi um dos mais bonitos que vimos.

Hotel Tambo Coquesa de Piedra

No começo da noite mal sabíamos que iríamos ter pelo menos mais duas horas deserto de sal adentro para chegar até o hotel. Vimos a sombra da Ilha Incasuasi e além disso apenas o farol do carro iluminando alguns metros de sal. Não sabemos como, mas o guia achou o caminho até o hotel. O hotel de pedra foi o melhor hotel das 3 noites, as acomodações eram bem boas, o banho bem quente e o casal anfitrião fizeram tudo para que nos sentíssemos em casa, inclusive nosso ótimo jantar.

Tambo Coques de Piedra

Mais um dia na Bolívia e só tivemos surpresas boas, mesmo com muita pesquisa, nunca imaginamos que mesmo antes de acabar os 4 dias já teríamos visto tantas belas paisagens. O dia obviamente foi bem longo e cansativo, mas valeu a pena. Nossos agradecimentos ao nosso guia, que se chamava Evans, por ter nos mostrado tantas coisas em tão pouco tempo.

Lugares do segundo dia pelo Salar do Uyuni

Verdades:

  • Não esperávamos que esse tour fosse gastronômico, mas todas as refeições estavam ótimas, além do “saco de comida” que tínhamos no carro, tudo preparado pela nossa agência.
  • Ganhamos galochas para andar na parte alagada do salar, no começo achamos estranho pois estávamos com botas impermeáveis. Mas foi a melhor coisa que fizemos, pois teríamos molhado grande parte da perna.
  • Resumindo ouça sempre seu guia.
  • Tambo Coquesa de Piedra, guarde esse nome para a sua hospedagem.
Caminho até a Laguna Catal

Extras:

  • Em vários pontos você poderia passar o dia todo apreciando, mas tente ser breve, quando mais tempo tiver mais lugares seu guia vai te mostrar.
  • Vamos falar mais uma vez, a sua viagem pelo Salar do Uyuni depende em muito da empresa que você escolher, a nossa foi a Atacama Trips (não patrocinado).

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.