Via Dolorosa e Igreja do Santo Sepulcro – Jerusálem

Jerusalém é a capital de Israel, não reconhecida por grande parte dos países no mundo, e uma cidade sagrada para as três religiões abraâmicas. A cidade fica nas montanhas do deserto da Judéia, entre o Mar Mediterrâneo e o Mar Morto. Jerusalém também é um dos alvos da briga entre Israelitas e Palestinos.

Jerusalém tem uma vasta história que data de milênios antes de Cristo, tendo sido destruída por duas vezes, sitiada 23 vezes, atacada 52 vezes e capturada ou recapturada outras 44 vezes. As muralhas que definem a Cidade Antiga foram construídas em 1538, tendo virado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO em 1981, atualmente encontra-se na lista de Patrimônios em perigo.

Neste post não falaremos de toda a Jerusalém e sim da Via Dolorosa e Igreja do Santo Sepulcro.

Via Dolorosa ou Via Sacra, segundo a tradição cristã, é o caminho que Jesus percorreu carregando a cruz até ser crucificado. A Jerusalém de hoje pouco guarda do que realmente foi há 2000 anos, porém os principais pontos da Via Dolorosa ainda estão marcados onde supostamente os acontecimentos ocorreram.

Via Dolorosa

O trajeto tem 14 pontos, sendo 9 deles na rua de nome Via Dolorosa e os últimos 5 dentro da Igreja do Santo Sepulcro. O caminho tem 600 metros e é possível apenas percorrer a pé. Vamos à eles:

Primeira Estação: Jesus é condenado

A estação fica no interior do colégio islâmico El-Omariy próximo a Porta do Leão, esse seria o local da Fortaleza Antônia. Local onde Jesus teria sido condenado por Pôncio Pilatos e pela população de Jerusalém, o ponto propriamente dito fica no interior da escola, onde o acesso não é permitido.

Segunda Estação: Jesus toma a sua cruz

Caminhando poucos metros pela Via Dolorosa chega-se ao convento franciscano da Flagelação, com a Igreja da Condenação à esquerda e a Igreja da Flagelação à direita.  Um pouco adiante do convento esta o arco conhecido como Ecce Homo, onde Pilatos apresentou Jesus à população após a flagelação e da coroação de espinhos. 

Terceira Estação: Jesus cai pela primeira vez

Descendo pela Via Dolorosa até cruzar com a rua que vem da Porta de Damasco, chegamos a terceira estação que está marcada com a Capela que pertence ao Patriarcado Armênio Católico, ali teria Jesus caído exausto pela primeira vez.

Terceira e Quarta estação

Quarta Estação: Jesus encontra sua mãe, Maria

Logo após ter caído Jesus teria encontrado com sua mãe, a terceira e quarta estações ficam lado-a-lado. E mais uma Igreja Armenia foi construída para homenagear esse momento.

Quinta Estação: Simão Cirineu ajuda Jesus a carregar a cruz.

Depois de um pequeno desvio, voltando a Via Dolorosa a quinta estação é marcada por um pequeno Oratório Franciscano. Simão estava passando pelo local e foi requisitado pelos soldados à ajudar Jesus com sua cruz.

Quinta estação

Sexta Estação: Jesus tem o rosto limpo por Verônica.

Local onde uma mulher chamada Verônica (ou Berenice, dependendo da tradução) teria limpado o rosto de Jesus é marcado por uma Igreja Greco-Católica. 

Sexta estação

Sétima Estação: Jesus cai pela segunda vez.

No fim da subida, a Via Dolorosa encontra o mercado de óleo, onde é delimitado os bairros Muçulmano e Cristão. Bem ali fica uma Capela Franciscana e uma pedra redonda e pequena marca onde Jesus teria caído pela segunda vez.

Sétima estação

Oitava Estação: Jesus consola as mulheres de Jerusalém.

Este local fica entre lojas do mercado, ali Jesus teria falado para as mulheres para que não chorassem por ele mas sim pelos seus pecados e de seus filhos.

Oitava estação

Nona Estação: Jesus cai pela terceira vez.

Para chegar na nona estação você tem que voltar até  a rua Khan ez-Zait, seguir ao sul e subir uma escadaria que está a direita. Esse seria o ponto da terceira queda de Jesus.

Igreja do Santo Sepulcro

Na Igreja do Santo Sepulcro ficam os locais mais sagrados para os cristãos. A Primeira Igreja data do século II, hoje após muitos incêndios, invasões e terremotos, pouco sobrou da construção original. a maior parte da Igreja atual foi construída no século XII.

Igreja do Santo Sepulcro

Décima estação: Jesus é despojado de suas vestes.

Esse local muitas vezes passa desapercebido, é uma pequena sala que é possível ser vista por uma pequena janela, pelo lado de fora é marcada com a torre da capela.

Local onde Jesus foi despojado de suas vestes

Décima Primeira estação: Jesus é pregado na cruz.

Logo ao lado da décima estação, dentro da Capela Romana, o local onde Jesus teria sido crucificado é marcado por um pequeno altar com uma imagem na parede.

Gólgota

Décima Segunda estação: Jesus morre na cruz.

Na Capela Greco-Ortodoxa fica Gólgota, ou a pedra do Calvário, um dos locais mais sagrados pelos Cristãos, é possível ver a rocha através de vidros. No andar de baixo é possível ver a rachadura na rocha que se abriu quando Jesus faleceu e seu sangue escorreu por ali.  

Rachadura em Gólgota

Décima Terceira estação: O corpo de Jesus é retirado da cruz.

Logo na entrada da Igreja do Santo Sepulcro está a Pedra da Unção. Apesar de controverso neste local o corpo de Jesus teria sido retirado da cruz e entregue a sua mãe.

Pedra da Unção

Décima Quarta estação: Jesus é sepultado.

O local do Santo Sepulcro é uma pequena câmara que abriga além do sepulcro, a Capela do Anjo. A fila para entrar é bem grande, quatro pessoas podem ficar dentro da câmara, porém só é possível entrar um por vez. Esse é um dos locais de maior importância para a tradição Cristã.

Câmara do Santo Sepulcro

Jerusalém é uma cidade sagrada para mais da metade das pessoas no mundo, e para os mais de 2 bilhões de Cristãos caminhar pela Via Dolorosa e visitar a Igreja do Santo Sepulcro é o ápice de uma viagem religiosa e reforço da fé. 

Verdades:

  • Para os cristãos parece até desrespeitoso ter comércios (parecidos com ambulantes) bem próximos aos pontos da Via Sacra.
  • A maior parte da Via Dolorosa esta no quarto muçulmano, fazendo com que não seja tão respeitada quanto cristãos gostariam.
  • Jerusalém é bem mais segura do que você pode pensar.
Gólgota segundo alguns historiadores.

Extras:

  • Toda sexta-feira as 15:00 celebra-se uma procissão que percorre a Via Sacra.
  • Existe um local fora dos muros da Cidade Antiga que historiadores acreditam ser o local mais fiel que representaria Gólgota. Para mais informações clique aqui
Santo Sepulcro segundo alguns historiadores.

Vai pra Jerusalém? Aproveite e conheça Bethlehem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.