Florença – Itália

Florença é a maior cidade da região da Toscana, com mais de um milhão de habitantes junto com sua região metropolitana. Considerada o berço do Renascimento Italiano, foi cenário para obras de Michelangelo, da Vinci, Botticelli, Rafael e Donatelo. Além de ter sido a cidade natal de Dante Alighieri e inúmeros papas.

Ponte Vecchio

Firenze, como dizem os italianos, foi fundada em 59 a.C. e hoje abriga cerca de 30% dos tesouros artísticos da humanidade segundo a UNESCO. Isso graças a Anna Maria Luisa de Médici, que assinou o “Pacto de Família” enquanto governava. Essa “lei” irrevogável garane que todos as relíquias artísticas fiquem na cidade ou no Estado da Toscana.

Palato Vecchio

O jeito mais fácil de chegar em Florença com certeza é de trem, sua estação fica numa região muito central, o que facilita muito sua vida. De qualquer forma se for ficar em um hotel longe da estação, pense em pegar um taxi, já que carregar malas pelas calçadas da cidade pode ser algo não muito prazeroso. 

Galeria de Uffizi

Obviamente que um clima ameno ajuda muito, mas as atrações de Florença são passíveis de uma boa visita durante todo o ano. Vejamos as principais:

Catedral de Santa Maria del Fiore

Catedral de Santa Maria del Fiore

Cartão-postal de Florença por causa de seu Duomo, tamanha beleza levou 140 anos para ser concluída. A riqueza da arquitetura da Catedral com seu Duomo representam também o poder da cidade nos séculos XIII e XIV. Na frente da Igreja fica o Batistério, com suas famosas portas de bronze onde são reproduzidas cenas da vida de São João Batista e da Bíblia. 

O Batistério

Para subir na cúpula é necessário reservar horário, lembre-se que são 463 degraus e a última parte pode não ser agradável aos claustrofóbicos. É possível também subir o campanário, com 414 degraus. O ingresso para igreja custa 15 euros e pode ser combinado com acesso a cripta, batistério, campanário e cúpula.

Ponte Vecchio

Ponte Vecchio

Um dos pontos mais fotografados em Florença, a Ponte Vecchio é uma ponte em arco medieval sobre o Rio Arno que foi construída originalmente em 972. Antigamente açougues funcionavam ao longo da ponte, em 1593, com todas as carcaças de animais sendo dispensadas no Rio, os açougues deram lugar as joalherias que estão lá até hoje.

Joalheiras da Ponte Vecchio

Palazzo Vecchio

O Palazzo Vecchio fica na Piazza de la Signoria e abriga a prefeitura e câmara municipal de Fiorentina. O palácio tem como atrações um museu e a Torre de Arnolfo, com seus 94 metros acessíveis por sua escada de pedra. 

Palato Vecchio

Galeria Uffizi

Sem pensar muito é um dos melhores museus do mundo e indiscutivelmente o melhor de Florença. Seu prédio data de 1580 sendo cenário ideal para conter  obras de Michelangelo, da Vinci, Caravaggio e Botticelli. O museu pode ser facilmente visitado em duas horas ou em duas semanas, as filas são sempre grandes, compensando comprar antecipado pelo site.

Galeria Uffizi

Galeria Della’Academia

Um dos melhores museus da Europa junto com o Uffizi, nesse prédio funcionou a primeira academia de Arte da Europa e foi transformado em museu em 1873. A grande atração do museu é o David de Michelangelo, esse sim o original, na cidade estão espalhadas diversas réplicas.

David, de Michelangelo

Palazzo Pitti

Foi construída pela família Pitti como a residência mais impressionante da Itália, posteriormente tendo sido adquirida pela família Médici como casa de veraneio. Hoje funciona como um grande museu.

Palato Pitti

Piazzale Michelangelo

Fica na parte mais alta da cidade é a atração preferida pelos turistas durante o por do sol.  É possível ver a toda a parte da cidade cortada pelo Rio Arno, além da Catedral de Santa Maria del Fiore e o Palazzo Cecchio.

Rio Arno

É possível conhecer Firenze em dois dias, sendo três o ideal. É tanta arte para ser visto que em um roteiro mais aperto talvez você deixe passar muita coisa. Florença não deve ser subestimada nos seus planos, se tiver que escolher uma única cidade na Itália, além de Roma, a escolha deve ser Florença.

Basílica di Santa Maria Novella

Verdades:

  • A fachada de mármore da Catedral Santa Maria del Fiore é impressionante.
  • Se tiver que escolher entre subir o Campanário ou a Cúpula, o campanário é mais fácil e te dá a Cúpula como plano de fundo. Já no Duomo é possível ver as pinturas do afresco do alto.
  • A maioria dos museus tem arte renascentista em seu acervo, o que pode fazer você pensar que é um pouco repetitivo, é importante intercalar alguns dias com atrações diferentes como conhecer vinícolas para você poder ver os museus com a cabeça mais “limpa”.
  • Se tiver que escolher um único museu em Florença, escolha o Uffizi. 
Nascimento de Vênus

Extras:

  • O quadro mais famoso de Botticelli, o Nascimento de Vênus, está na Galeria Uffizi.
  • Um dos melhores lugares para comer e comprar produtos é o Mercado Centrale. Considere visitar no seu primeiro dia e provavelmente você vai voltar em todos os outros.
  • Se for ficar 3 dias ou mais na cidade considere visitar Pisa, saiba mais aqui.

Para mais posts sobre a Itália, clique aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.