Copenhague – Dinamarca

Copenhague é a capital da Dinamarca e a maior cidade do país, com uma população metropolitana de cerca de 2 milhões de habitantes. O nome Copenhague significa “Porto do Mercador”, sendo o comércio portuário a atividade econômica mais importante do país desde as primeiras documentações, no século XI.  Copenhague na verdade fica situada em duas ilhas, Zelândia e Amager, que são ligadas por inúmeras pontes.  

Vista panorâmica de Copenhague

A melhor época para uma visita à cidade, inevitavelmente, é o verão. Nos outros meses frio pode ser intenso, mas o que acaba baixando a sensação térmica são os ventos. No inverno as temperaturas ficam próximas de 0 grau, porém é raro nevar. Para conhecer a cidade 2 dias são o suficiente, porém para ver tudo com calma e fazer passeios fora da centro o ideal seriam 4-5 dias. 

Copenhague é conhecida como a cidade das bicicletas, cerca de 35% da população usa esse meio de transporte no horário de pico. Existem ciclovias pela cidade inteira, e mesmo onde não há ciclovias o respeito com o ciclista está sempre presente. O transporte público também é muito eficaz, com duas linhas de metrô, 6 linhas de trem e inúmeras linhas de ônibus. Apesar de todas essas opções, para visitar a maioria dos pontos turísticos é possível ir a pé, sendo a maior parte da cidade em terreno plano, o que facilita muito as caminhadas. 

Principais pontos turísticos:

Tivoli Gardens

O Tivoli é o segundo parque de diversões mais antigo do mundo, inaugurado em 1843. Os destaques ficam com a montanha-russa de madeira de 1914, e a Vertigo que te deixa de ponta cabeça a 100km/h. Para quem não gosta de adrenalina, o parque tem diversas apresentações teatrais e ballets, principalmente na temporada de verão. O Tivoli foi inspiração para Walt Disney posteriormente construir o seu próprio parque de diversões. 

Kastellet

Kastellet é uma das mais bem conservadas fortalezas em forma de estrela na Europa. A cidade murada conta com inúmeros jardins e várias construções, destacando-se entre elas a igreja e o moinho de vento. O Kastellet é um dos locais preferidos dos locais para realizar atividades físicas ao ar livre.

Pequena Sereia

Estátua da Pequena Sereia

Um dos pontos turísticos mais famosos da cidade é essa pequena estátua. Construída em 1913, por um cervejeiro, em homenagem ao conto de Hans Christian Andersen, a estátua fica as margens do Kastellet.

Nyhavn

Esse canal foi artificialmente feito em 1671 para virar um porto com acesso naval à Praça do Rei. Sofreu inúmeros bombardeios durante as guerras e já foi uma região de bordéis, mas hoje é uma das regiões mais queridas pelos turistas. Casas coloridas lado a lado formaram a melhor região para bares e restaurantes.

Rosemborg Castle

Castelo de Rosenborg

Foi nesse pequeno castelo que a família real viveu até o século XVIII. A maior atração é a exposição com as jóias da coroa. Apesar de pequeno o belo castelo é um dos mais bonitos da cidade, pois fica no Jardim Botânico de Copenhague.

Palácio de Christianborg

Palácio de Christianborg

Esse palácio é hoje a sede do parlamento dinamarquês que originalmente era o Castelo de Absalão, datando do século XVII. Pouco sobrou do Castelo original, mas ainda assim o Christianborg impressiona com seus pisos de mármores e grandes salões. Mesmo sendo sede do parlamento é aberto para visitações.

Palácio de Amelienborg

Construído no século XVIII, é a morada de inverno da família real. O palácio tem 4 edifícios em torno de uma estátua de Frederik V e uma saída para o canal. Aa grande atração é a troca da guarda real que acontece diariamente ao meio dia.

Rundetarn

Essa torre redonda na verdade é um observatório astronômico construída no século XVII. A torre tem quase 35 metros de altura e a subida é feita por uma rampa (diz a lenda que o rei Christian IV gostaria de subir montado em seu cavalo).  No meio da torre fica a histórica biblioteca e na próxima sala, o museu. Durante a noite é possível observar as estrelas pelo telescópio do observatório.

Coleção de Cervejas da Carlsberg

Fábrica da Carlsberg

Para quem gosta de cerveja esse é um passeio obrigatório. A antiga fábrica da cerveja mais famosa dos nórdicos foi fundada em 1847 e até 2019 era possível fazer um passeio interativo dentro dela. No momento a fábrica está passando por uma grande reforma, com planos de reabertura em 2020.

Christiania

Christiania é uma cidade autônoma dentro de Copenhague, tendo suas próprias leis e regras. Foi criada pelos hippies em 1971, onde anteriormente era uma base militar que foi abandonada um ano antes. Com cerca de 800 habitantes, que vivem em sua maioria dependentes de artesanato, Christiania tem seu grande contraponto com Copenhague na liberação da maconha. Nessa “cidade” é comum ver pés de cannabis ou pessoas fumando baseado. Duas regras básicas para sobreviver em Christiania, não tire fotos e não corra, principalmente não faça os dois juntos. Passear por lá durante a noite também não é recomendado.

Tour pelos canais

Tour pelos Canais

Saindo de Nyhavn ou Gammel Strand, o tour que parecia ser mais uma pegada para turista acaba se tornando um ótimo passeio pela bela Copenhague. Os barcos são bem “baixos”, para poderem passar abaixo das pontes da cidade. Um guia local conta sobre a história das principais construções. Se o seu tempo é curto, essa é a forma mais rápida para ver a cidade.

Outros pontos a serem visitados:

– NY Carlsberg Gryptotek – museu de esculturas

– National Museet

 Frederikskirken – Igreja de mármore

Victor Hugo no Museu das esculturas

Com uma breve estadia em Copenhague é possível perceber porque essa é uma das cidades mais felizes do mundo. Em Copenhague tudo funciona e funciona muito bem, as pessoas são gentis e educadas. Além disso, é impossível não se encantar com os castelos da cidade, com o clima boêmio de Nyhavn ou com espírito mágico do Tivoli. Ainda muito ofuscada pelas outras grandes cidades europeias, a única coisa que Copenhague tem a menos do que elas é propaganda.

Verdades:

– A Dinamarca é um país bem caro.

– Mais de 80% da população fala inglês, não saber nada de dinamarquês não vai ser um problema.

– Christiania, ame ou odeie, ainda vai ser a única experiência desse tipo no mundo. Lembrando mais uma vez: nada de tirar fotos.

Canais de Copenhague

Extras:

– É possível conhecer a Suécia com uma viagem de trem de 40 minutos a partir de Copenhague. A cidade vizinha é Malmö, e a travessia é feita pela famosa ponte Oresund, que fica subterrânea perto da Suécia.

– O Copenhague Card pode ser uma bela economia, ele dá entrada para 87 diferentes atrações e você pode escolher entre passes de 24 a 120 horas. Entre no site oficial e calcule se vale a pena, comparando o preço de todas as atrações que você quer visitar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.