Big Sur – Califórnia (USA)

Big Sur é um trecho da Pacific Coast Highway, ou Highway 1, considerada uma das estradas cênicas mais bonitas do mundo. O Big Sur fica entre as cidades californianas Carmel e San Simeon. A maior parte das pessoas opta por viajar de carro entre San Francisco e Los Angeles ou vice-versa. 

Na Califórnia até um pequeno farol pode te surpreender

A viagem entre essas duas cidade é bem longa, mais ou menos 8 horas, sem contar as paradas nos mirantes do Big Sur e nas cidades costeiras. O ideal é fazer duas paradas no caminho como veremos logo abaixo, dormindo pelo menos um dia pelo caminho já ajuda bastante.

Surfistas em todas as praias

A melhor maneira é viajar sentido sul, pois a maioria dos mirantes ficam desse lado da pista. Obviamente esse lado da estrada é bem mais movimentado do que o outro. O inconveniente de seguir ao norte é justamente atravessar a pista para ver as atrações. 

O tempo pode estragar um pouco a vista

Alugue um carro já na sua chegada no aeroporto, as opções são inúmeras desde econômicas até as mais luxuosas. Se você tiver um celular com chip local não é necessário alugar um GPS, se acabar se perdendo é só sempre seguir a sinalização até a Highway 1.

17-mile drive

A melhor época para visitar o Big Sur é de maio a outubro, época que chove pouco. Nos outros meses as chuvas são intensas, principalmente de dezembro a fevereiro. Nós conhecemos o Big Sur em novembro e não tivemos sorte com o tempo. Listamos aqui os principais pontos de parada.

Aquário de Monterey

Monterey

Monterey é uma cidade próxima a Carmel e tem importância na história da economia californiana por ter sediado varias fábricas de peixes enlatados. Hoje em dia todas as fábricas já fecharam, sendo a principal atração o Aquário de Monterey. O aquário é considerado um dos melhores do mundo que além dos cuidados com os animais dentro do recinto, também tem vários programas de preservação da vida marinha. Monterey é o ponto de partida para muitos turistas que preferem um pouco menos da badalação turística de Carmel.

Monterey Canning Company

17-mile drive

Essa curta estrada cênica é um aperitivo para o Big Sur, as 17 milhas (cerca de 27 milhas) passam dentro de um condomínio de luxo, entre Pacific Grove e Pebble Beach. A vista durante todo o trajeto valem o passeio, são 21 pontos de parada, cuidado para não atrasar muito sua viagem, guarde umas 2 a 3 horas para o percurso.

17-mile drive

Carmel

Carmel é aquela cidade no litoral californiano em que todos desejam morar, vários casinhas praianas, pequenas lojas e restaurantes deixam o clima da cidade inigualável. A Ocean Avenue levam você até a praia de areia branca, se não quiser entrar na praia, é possível curtir a vista de um mirante.

Carmel Beach

Point Lobos

Um dos inúmeros parques nesse inicio de trajeto, Point Lobos tem vários pontos interessantes, um deles é a China Cove. Leões marinhos dominam a região, será bem fácil ver muitos deles.

Point Lobos

Bixby Bridge            

Esse é o ponto mais famoso do Big Sur. A ponte tem 79 metros de altura, 213 metros de extensão e o que mais impressiona é o seu gigantesco arco criando um vão livre. A ponte foi construída em 1932 e teve muita importância por ligar a região de Carmel e San Luis Obispo. O local para estacionamento do mirante não é muito grande e costuma estar cheio.

Bixby Bridge

Julia Pfeiffer Burns State Park 

Apesar de ser considerado por muitos o ponto mais alto do trajeto,  o parque abriga a Mc Way Falls, uma pequena cachoeira que desagua em uma praia. Talvez pelo tempo chuvoso nós ficamos bem decepcionados com a vista.

Famosa pequena cachoeira

Hearstle Castle

O Heartle Castle era a casa do milionário Willian Randolph Hearst e virou parque estadual. Foi construído em 1947, é repleto de quartos, jardins, terraços e obras de arte. O castelo fica em San Simeon. Nós acabamos não indo pois a visita dura mais ou menos duas horas e tem que ser agendada previamente.

Pacífico

San Luis Obispo

Ponto de parada entre São Francisco e Los Angeles há um século, diz a lenda que aqui foi criado os primeiros motéis (motor hotel). Hoje em dia San Luis Obispo é uma cidade universitária importante na Califórnia.

A beleza do Big Sur é inquestionável e mesmo que você tirasse o trecho entre Carmel e San Simeon a Highway 1 já seria uma estrada belíssima. A chave para um bom passeio é programar as paradas e principalmente os pontos de descanso e para passar a noite. Uma viagem de um dia apesar de possível pode ser pouco proveitosa. 

Verdades:

  • A maior parte da rodovia é de mão simples com alguns pontos de ultrapassagem, o que pode atrasar bastante a sua viagem de um dia.
  • Na época de chuva podem ocorrer desabamentos e interromper a estrada. Se tiver com disponibilidade tente escolher dias ensolarados para fazer o trecho do Big Sur, a vista em dias chuvosos podem deixar a desejar.
  • Cuidado para não parar em muitos pontos dispensáveis e acabar ficando sem tempo para ver o que realmente você gostaria.
Giant Sequoia

Extras:

  • Na região de San Francisco vale a pena conhecer pelo menos um dos inúmeros parques com suas gigantes sequoias. Conhecer as maiores árvores do mundo é um passeio bem legal.
  • Estar na Califórnia é uma ótima oportunidade para ver o sol se pondo no Pacífico.
  • Ficar hospedado em Monterey é bem mais barato do que ficar em Carmel. Avalie essa opção.
Elas são imensas

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.