Londres – Inglaterra (parte 2)

Continuando nosso post sobre Londres, vamos às ultimas atrações imperdíveis:

Churchill War Rooms

Churchill War Rooms

Para nós um dos museus mais interessantes de Londres. Fica localizado onde foi o bunker de Churchill e da cúpula britânica na segunda guerra mundial, durante os bombardeios nazistas. Lá de dentro foram tomadas decisões vitais para os aliados. Chegue cedo pois a entrada é limitada, gerando enormes filas.

Bunker de Churchill

Victoria e Albert Museum

Mais um grande museu de Londres, com uma fantástica coleção de esculturas, quadros, objetos e peças. Aproveite as sextas-feiras, quando o museu fecha somente as 22:00.

Rio Támisa e The Shard

The Shard

Um dos mais novos pontos turísticos de Londres, o maior prédio da cidade. É possível ter uma visão 360 graus da cidade, além de jantar no topo da capital.

Meridiano de Greenwich

Meridiano de Greenwich

Imperdível para os amantes de geografia, essa linha é o ponto zero para os fuso horários do mundo. Na região de Greenwich ainda é possível conhecer o Observatório Astronômico Real, o Observatório Marítimo, o Colégio Naval Real, o Palácio Real de Placentia, a arena multiuso O2 entre outros.

Greenwich

Bairros e Ruas

  • Camden Town- Um bairro para todos os gostos e tribos, lá morava Amy Winehouse. Uma das regiões mais em alta turisticamente falando. Em Camden você encontra comida de todos os lugares do mundo. E não é só de comida que o bairro vive, artesanato e roupas de todos os tipos também são estão em todas as quadras.
  • Notting Hill – charmoso bairro londrino que foi exposto ao mundo no filme Hollywoodiano de mesmo nome.
  • Oxford Street- A rua mais movimentada da Europa, tem 300 lojas em cerca de 3 quilômetros.
  • Bond Street – Onde ficam as lojas de refinadas e de luxo.
  • Regent Street – Outra famosa rua com lojas de boutique.

Para quem procura passeios temáticos Londres também é um prato cheio, desde a Abbey Road para quem é fã dos Beatles, a casa de Sherlock Holmes para quem lê a obra de Conan Doyle, e os estúdios das gravações da Warnes Bros para quem é fanático por Harry Potter.

Twickenham

Estádios 

  • Wembley – é o estádio oficial da seleção inglesa de futebol que comporta 90.000 pessoas. No museu do estádio estão a Taça da Copa do Mundo e a Tocha Olímpica de 1948.
  • Emirates Stadium – a casa do Arsenal, é possível visitar desde os vestiários até o gramado.
  • Stamford Bridge – abriga o Chelsea, é o estádio mais central de Londres com muitos pubs ao redor.
  • London Stadium – o West Ham assumiu esse estádio que foi o estádio Olímpico de 2012.
  • Twickenham – sede do rúgbi inglês, para quem gosta do esporte lá fica o museu do rúgbi.
  • All England Club – nele é realizado o torneio de Wimbledon, que é considerado a casa do tênis mundial. Nele existe um museu aberto durante todo o ano. Conseguir ingresso para o torneio pode ser uma missão impossível.
The Queue – Wimbledon

Em uma cidade com tantas opções o melhor roteiro é aquele que você monta segundo seu gosto e vontades. Uma dica é começar pela região de Westminster, visitar Buckingham Palace, London Eyes e as outras atrações próximas e nos outros dias dividir a cidade por regiões. No segundo dia ir para a região de St Paul’s Cathedral, Tower of London e Tower Brigde, finalizando no The Shard. No terceiro fique pelo menos meio dia no centro, Camden Town, e região do Picadilly Circus, guardando outra metade para o British Museum. Se tiver mais dias poderá escolher locais mais afastados ou até mesmo um bate-e-volta para Stonehenge, Windsor ou outra cidade próxima.  O ideal é ficar no mínimo 4 dias na cidade.

Londres é uma daquelas cidades que nunca vai faltar o que fazer, não importa quantas vezes você visitar. E tem pra todos os gostos, não tem como não gostar.

Verdades:

  • Compre um chip e uso e abuse do Google Maps, a cidade é muito grande para você ser pão-duro.
  • Ver a troca da guarda pode até ser legal, mas dividir espaço com 10 pessoas por metro para assistir está longe de ser algo digno de realeza.
  • A culinária britânica não está entre as melhores do mundo, mas comer fish n’ chips é melhor que fast food.
  • Você vai sentir falta dos pubs com seus imensos pints de cerveja.
  • A tomada deles é tão esquisita que faz você achar a nossa de três pinos algo normal.
HMS Belfast

Extras:

  • Se você gosta de conhecer a história da Segunda Guerra não perca HMS Belfast, que foi um das embarcações mais poderosas dessa guerra. Está ancorado no rio Tâmisa e a visita é bem legal.
  • Museus gratuitos em Londres: Museu Britânico, Museu de Londres, National Gallery, National Portrait Gallery,  Museu Imperial da Guerra, Tate Modern e Tate Britain.

Veja a primeira parte sobre Londres aqui.

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.